E3 2019 | Novo Zelda e Trials of Mana são os grandes destaques da Nintendo

Por Rafael Arbulu | 11 de Junho de 2019 às 16h29
Divulgação/Nintendo
Tudo sobre

Nintendo

Saiba tudo sobre Nintendo

Ver mais

Uma das apresentações mais aguardadas de toda E3 é a da Nintendo. Entra ano, sai ano, os anúncios trazidos pela “Casa do Mario” sempre prometem o céu aos seus fãs mais assíduos, mas sem esquecer dos novos consumidores. Em 2019 não foi diferente, e a “Big N” mostrou a que veio, anunciando novidades que apelam aos fãs mais tradicionais ao mesmo tempo em que trouxe muita coisa que apela aos mais novos e casuais.

São novos jogos, retornos de franquias antigas e memoráveis, todo um portfólio que promete não apenas manter o Switch como uma das principais plataformas da atual geração, mas que também mostra que a Nintendo, mesmo sem o anúncio de um novo hardware ou console, não deve em nada para a Sony ou Microsoft em questão de interesse do consumidor.

Novo Zelda...

Abrindo logo de cara: The Legend of Zelda: Breath of the Wild vai ganhar uma sequência direta. Em um trailer exibido durante a apresentação Nintendo Direct, a empresa mostrou Link andando a cavalo com a princesa Zelda em sua “garupa” em uma ambientação muito similar à que vimos no primeiro título.

Participe do nosso Grupo de Cupons e Descontos no Whatsapp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Não houve qualquer informação relacionada a data de lançamento ou mesmo algum subtítulo a contemplar o nome do jogo, com a Nintendo apenas limitando-se a dizer que a sequência “está em desenvolvimento”. Pelo visto, vamos esperar um pouquinho.

...Velho Zelda

Aproveitando o ensejo, The Legend of Zelda: Link’s Awakening, o clássico de 1993 da franquia originalmente lançado no Game Boy, ganhará um remake para o Switch.

O jogo é basicamente o mesmo, mas com visual, trilha sonora e mecânica de jogabilidade retrabalhados para a geração atual de consoles, com progressão isométrica de movimentação e visual artístico que faz com que Link e os outros personagens pareçam brinquedinhos.

Pokémon Sword and Shield

Esse jogo já havia sido mostrado em grande detalhe numa edição do Nintendo Direct anterior à E3, mas algumas novidades foram apresentadas sobre ele na E3 2019.

A nova entrada no universo dos monstrinhos de bolso teve revelada a sua compatibilidade com a Poké Ball Plus, o acessório originalmente lançado em Let’s Go, Pikachu! e Eevee!. Ao contrário dos jogos anteriores, porém, você não poderá usar o acessório como um controle, mas a mecânica de “colocar” o monstrinho dentro dele quando você estiver caminhando por aí ainda vale. A Nintendo adiantou que, se você fizer isso, “algo de bom pode acontecer”. Em Pikachu! e Eevee!, isso significava ganhar experiência, subir de nível e encontrar itens, mas a empresa não contou quais serão as recompensas aqui.

Super Smash Bros. Ultimate

A Nintendo ainda não acabou com seu jogo de luta, reunindo personagens famosos de suas principais franquias e até alguns de outras produtoras e publishers. No Direct, a empresa anunciou novos personagens, a serem disponibilizados no jogo via DLC.

O primeiro é Hero, o protagonista de nome genérico da franquia Dragon Quest XI. Detalhes sobre ele ainda são meio nebulosos, mas já sabemos que suas roupas alternativas serão inspirações de outros heróis em outros jogos da franquia de RPG, como Dragon Quest III, V e VIII. Mais além, seu Final Smash contará com a presença de outros personagens icônicos da série.

O outro personagem, na verdade, são dois. A Nintendo mostrou, ao final de sua apresentação, a inclusão de Banjo e Kazooie em Super Smash Bros. Ultimate. O estilo de jogo de ambos, que compartilharão do palco como se fossem apenas um (ou seja, não será “Banjo” e “Kazooie”, mas sim “Banjo e Kazooie”, juntos) não traz muitas surpresas: Banjo, o urso, é mais focado no combate de proximidade, corpo a corpo, trocando socos com o oponente; ao passo que Kazooie usa suas asas para fazer seu companheiro flutuar e voltar à arena, além de atirar ovos à distância nos inimigos.

Hero deve chegar até julho (a previsão é “verão” dos EUA, que já corresponde à essa época), enquanto Banjo & Kazooie serão lançados em meados de setembro (outono estadunidense).

The Witcher III: Wild Hunt

Geralt de Rívia ainda terá mais uma aventura antes de se despedir: a Nintendo mostrou, durante a sua apresentação, que The Witcher III: Wild Hunt chegará ao Nintendo Switch em sua edição completa, já incluindo os DLCs Hearts of Stone e Blood and Wine.

Segundo a CD Projekt Red, produtora polonesa responsável pelo jogo, todo o conteúdo trará aproximadamente 150 horas de jogo, em um dos RPGs mais tradicionais e famosos da atual geração de consoles. The Witcher 3 foi originalmente lançado em 2015 no PlayStation 4 e Xbox One, mas vem ganhando diversas releituras. A edição completa também se fez presente no PC e agora chega ao console portátil da Nintendo.

Novo Contra

Em setembro, os aliens estão de volta. E caberá a você rechaçar a ameaça interestelar em Contra: Rogue Corps. O jogo foi anunciado pela KONAMI e terá três perspectivas de visão e gráficos em alta definição, permitindo que você jogue em visão de terceira pessoa, perspectiva isométrica ou progressão lateral. Contra: Rogue Corps ainda trará multiplayer competitivo de até três jogadores (local) ou campanha solo.

Essa é a primeira entrada na franquia da Konami desde Hard Corps: Uprising, lançado em 2011, e que funcionou como um prólogo do clássico Contra: Hard Corps do Mega Drive. O diretor Nobuya Nakazato, que atuou em Contra III: The Alien Wars e Hard Corps, retorna à posição para o novo título, que traz também mecânica de customização e aprimoramento de armas para ampliar as capacidades de combate dos jogadores.

Mais além, Contra Anniversary Collection será disponibilizada ainda hoje na Nintendo eShop, contendo vários clássicos da franquia.

Luigi’s Mansion 3

O eterno “irmão do Mario” retorna à sua própria franquia de terror comédico com Luigi’s Mansion 3, marcando o retorno da série após o já longínquo Dark Moon de 2013. Neste novo jogo, a Nintendo faz a promessa de reformular e atualizar uma franquia há muito esquecida, mas sempre querida pelos fãs.

Luigi está de volta às suas atividades paranormais, desta vez investigando um hotel mal assombrado. O gameplay clássico segue firme: você poderá atordoar inimigos com a sua lanterna e sugá-los com o seu Poltergust, o aspirador de pó contra fantasmas.

A progressão é marcada pelos andares do hotel, cada um mais desafiante que o anterior. E cada um dos andares terá um chefão para ser derrubado antes de passar para os próximos.

Modos multiplayer e a possibilidade de disputar a campanha principal de forma colaborativa (e introduzindo o personagem Gooigi, um clone gosmento do protagonista) completam o pacote.

Luigi’s Mansion 3 não teve uma data de lançamento divulgada, mas a Nintendo promete sua chegada ainda para 2019 no Nintendo Switch,

Astral Chain

Originalmente anunciado em fevereiro deste ano, Astral Chain, uma produção da PlatinumGames para o Switch, ganhou um novo trailer e alguns detalhes inéditos na apresentação da Nintendo. No trailer exibido hoje, nós vemos a força policial Neuron em combate com seres interdimensionais chamados “Chimeras”. Você assume o papel de um novato na força, mas o interessante aqui é que o jogador controlará dois personagens ao mesmo tempo.

Você poderá trocar o comando de cada personagem, usando habilidades específicas e atravessando seções que exijam estratégia conjunta entre ambos a fim de progredir na história. Astral Chain está previsto para lançamento em agosto de 2019.

Cadence of Hyrule

Novamente, voltamos ao universo de Zelda, mas desta vez com uma proposta inusitada: apresentado durante o Nintendo Direct de hoje, Cadence of Hyrule foi anunciado há meses, mas somente agora ganhou uma data de lançamento. O jogo chega em 13 de junho, esta quinta-feira.

Aqui, a ideia é mover-se e atacar inimigos em tempo ritmado. Uma música de fundo estará tocando o tempo todo e seu dano aumenta como recompensa por você manter-se em sincronia. O conceito não é exatamente novo, mas é a primeira vez que o vemos no Switch.

No More Heroes 3

Travis Touchdown, o antiherói e assassino a preço fixo criado por Goichi Suda e os estúdios Grasshopper, está de volta em sua jornada para se tornar o maior assassino do mundo. A Nintendo anunciou o retorno da franquia, cujo último jogo canônico foi No More Heroes 2: Desperate Struggle, lançado no distante ano de 2010.

Ainda não há detalhes sobre o enredo deste próximo jogo, mas o trailer mostra o mesmo esquema de ação por meio de QTE (quick time events, a inserção de comandos específicos dentro de um limite de tempo) para que o herói derrote seus inimigos e avance na narrativa.

No More Heroes 3 deve ser lançado para o Nintendo Switch em 2020.

Trials of Mana

A Nintendo não esqueceu do fã de RPG e anunciou, em parceria com a Square Enix, Trials of Mana, um remake de Seiken Densetsu 3, o terceiro jogo da franquia Mana de RPGs lançado em 1995, mas que nunca foi lançado no mercado ocidental,.

Aqui, vemos que o jogo progride a sua narrativa por meio de “minicontos” envolvendo cada um de seus personagens. Cada um tem seu próprio enredo e isso se amarra por meio de uma trama maior, a qual não foi detalhada na apresentação. Os visuais seguem um estilo artístico com característica de anime (olhos gigantes e esbugalhados), mas com perspectiva em 3D.

Trials of Mana deve chegar no início de 2020.

Animal Crossing (só que não)

Em uma notícia chata, a Nintendo usou o espaço de sua apresentação para revelar que o próximo Animal Crossing foi adiado. Sim, de novo. Agora, a previsão de chegada é 20 de março de 2020. Mas ao menos temos um trailer e um subtítulo para mostrar: New Horizons.

Spyro: The Reignited Trilogy

Trazendo um sucesso considerável em seu lançamento original em 2018, Spyro: The Reignited Trilogy também ganhará uma versão para Nintendo Switch. Nada difere do que você já viu em nossa análise aqui no Canaltech, mas o jogo consiste de uma trilogia de remakes dos três títulos originais que apresentaram ao mundo o dragãozinho roxo que dá nome à série.

As mecânicas foram atualizadas para representarem bem os controles do Switch, e o visual em HD continua sendo um primor de assistir, mesmo um ano depois.

Mais zumbis na telinha

Resident Evil está de volta à Nintendo, desta vez representados por versões portadas de Resident Evil 5 e Resident Evil 6, lançados originalmente para a geração passada de consoles (PlayStation 3 e Xbox 360).

Os jogos continuam os mesmos: em RE5 (2009), você assume o controle de Chris Redfield e Sheva Alomar, que embarcam em uma missão nas regiões africanas para conter uma nova ameaça biológica da Umbrella Corporation: o vírus Uroboros, que mistura amostras do T-Virus, G-Virus e Las Plagas de jogos anteriores.

Em Resident Evil 6 (2012), você avança na história com até quatro personagens jogáveis — Leon S. Kennedy, Chris Redfield, Jake Muller e Ada Wong, enquanto percorre os EUA lutando contra zumbis evoluídos e com moderada inteligência após deflagração das armas químicas resultando na morte do presidente dos Estados Unidos logo no início do jogo.

Ambos os ports devem chegar ao Switch em meados de setembro.

Panzer Dragoon de volta!

Um clássico do SEGA Saturn está de volta em um remake completo para o Nintendo Switch: Panzer Dragoon. A série clássica do antigo console terá seus dois primeiros jogos refeitos, com visuais atualizados e mecânicas de jogo retrabalhadas para as audiências mais modernas,

As datas de lançamento de cada um ainda são bem abertas: o primeiro jogo está previsto para o final de 2019, enquanto o segundo deve ficar para o início do ano que vem.

Mario & Sonic at the Tokyo 2020 Olympic Games

Como não poderia deixar de ser, a fim de representar os Jogos Olímpicos de Tóquio no ano que vem, a Sega e a Nintendo reafirmaram a sua parceria ao colocar Mario e Sonic para competirem em uma série de disputas esportivas remetentes ao evento que ocorre de quatro em quatro anos.

No trailer abaixo, vemos personagens icônicos, como Yoshi e Knuckles, em competições esportivas variadas, como skate, caratê e surfe — todas essas modalidades que vão estrear nos jogos de 2020.

Mario & Sonic at the Olympic Games Tokyo 2020 tem previsão de lançamento para novembro deste ano, exclusivamente no Nintendo Switch.

The Dark Crystal: Age of Resistance Tactics

O jogo de RPG tático que amarra a produção homônima da minissérie que vai estrear na Netflix em 2020 também foi exibido na apresentação da Nintendo.

O jogo tem visual completo em 3D e esquema tático de combate em turnos, valorizando a estratégia. O enredo não vai seguir a minissérie do ano que vem, mas a progressão paralela do jogo amarrará as histórias em algum ponto.

The Dark Crystal: Age of Resistance Tactics tem previsão de lançamento para 30 de agosto.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.