Siga o @canaltech no instagram

Ford expande programa de carros autônomos e planeja investir R$ 15 bi até 2023

Por Felipe Ribeiro | 14 de Março de 2019 às 10h09
Tudo sobre

Ford

Saiba tudo sobre Ford

Ver mais

Apesar da crise enfrentada na América do Sul, a Ford parece estar tomando o caminho inverso em sua terra natal. Informações apontam que a montadora norte-americana estaria se preparando para expandir seu programa de veículos autônomos para outras cidades dos Estados Unidos, tendo Austin, no Texas, como primeiro alvo a curto prazo. Enquanto isso, a empresa continua a fazer testes para lançar seus táxis autônomos e serviços de entrega até 2021.

Segundo apurou o TechCrunch, a Ford abriu uma nova lista de empregos e dentre essas vagas estaria a função de "especialista em mercado para veículos autônomos" com base em Austin, que seria a quinta cidade a participar do programa de testes da montadora. O programa já está funcionando em Detroit, Miami, Pittsburgh e Washington DC.

A expansão

Tomando um rumo diferente de outras empresas do ramo, a Ford adota uma estratégia dupla, com foco em testes tanto de mercado como de produto. Enquanto desenvolve seus veículos autônomos, a montadora apura seu modelo de negócio e implementação nos Estados Unidos afora.

Participe do nosso Grupo de Cupons e Descontos no Whatsapp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

A Argo AI, empresa sediada em Pittsburgh e que recebeu investimento de US$ 1 bilhão (R$ 3,81 bilhões) da Forda em 2017, está desenvolvendo o sistema de motoristas virtuais e mapas de alta definição projetados para os veículos autônomos da montadora. Enquanto isso, a Ford está testando sua estratégia de entrada no mercado por meio de programas-piloto com parceiros como Walmart, Domino’s, Postmates e até mesmo algumas empresas locais.

A Ford provavelmente irá instituir um plano de implantação semelhante para Austin, assim como em suas cidades anteriores. A Argo AI usa primeiro seus veículos AV para mapear a cidade, enquanto a Ford usa veículos de pesquisa para testar as tais entregas com negócios locais. A montadora também abre terminais em cada uma das cidades do programa de testes de veículos autônomos, que mais parecem centros de operações. Lá, os veículos serão armazenados e passarão pela manutenção preventiva.

Em 2018, traçou seu planejamento para o programa de carros autônomos. Além de expandir o serviço de testes, já determinou as cifras que serão investidas: US$ 4 bilhões (R$ 15,2 bilhões) até 2023. O valor estará debaixo do guarda-chuva de uma empresa criada no ano passado, a Ford Autonomous Vehicles LLC, com sede no campus da Ford, em Corktown, Detroit.

Essa empresa abrigará a integração de sistemas autônomos da montadora, pesquisa de veículos autônomos, engenharia avançada, desenvolvimento de redes de transporte como serviço, experiência do usuário, estratégia de negócios e equipes de desenvolvimento de negócios.

Fonte: TechCrunch

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.